Todos os horários

A suástica e suas origens

A suástica é o símbolo mais reconhecido do nazismo, mas sua origem, no entanto, está longe da perversidade das doutrinas de Hitler. Não se sabe exatamente onde ela surgiu, mas já era utilizada há pelo menos cinco mil anos. A figura foi usada por hindus, budistas e jainistas durante milênios. Em sânscrito, a palavra suástica significa "bem-estar".

Na antiga Troia, o símbolo era empregado como decoração em objetos de cerâmica e em moedas. Era usado também na cultura dos aborígenes americanos. Antes de ser adotada pelos nazistas, a suástica representava, para quase todas as culturas do mundo, a força, o sol e a boa sorte.

Moedas da Mesopotâmia que datam de 3 mil anos antes de Cristo eram ornamentados por suásticas. O símbolo também aparecia na arte dos bizantinos e dos primeiros cristãos. Hoje em dia ela ainda simboliza a fortuna para os hindus.

O fascínio dos nazistas pela suástica tem origem no conceito da “raça ariana”, uma etnia supostamente “pura”. Esse povo seria descendente das primeiras tribos que falavam os idiomas indo-europeus. A teoria que pregava a superioridade dos arianos passou a se popularizar na Alemanha a partir do fim do século XIX. A adoção do símbolo pelos nazistas teria sido uma sugestão do poeta nacionalista Guido von List.