Todos os horários

História das palavras: IDIOTA

A palavra idiota nem sempre teve uma conotação tão negativa. Na Grécia Antiga, idiotes significava “homem privado”, ou seja, a pessoa que priorizava seus próprios afazeres e não participava do debate público. Naquela sociedade, isso era sinônimo de alguém sem instrução, incapacitado para argumentar. O termo tem como raiz idios, que significa “particular”, “próprio”. Aos poucos, a palavra começou a se tornar cada vez mais pejorativa. Em Roma, as pessoas passaram a chamar pessoas tolas e ignorantes de idiota, em latim. No século XIX e início do século XX, médicos e psicólogos começaram a usar a palavra para definir os portadores de idiotia, uma deficiência intelectual severa.