Filtrar

Login

O inicia sesion con...

History Logo
Aplicar

O padre sem cabeça é um personagem da lenda colonial do folclore latino-americano e existem diferentes versões sobre sua aparição. Algumas afirmam que o sacerdote foi amaldiçoado por Deus após ter se relacionado sexualmente com uma mulher casada dentro de uma igreja. Outras dizem que o padre ganancioso desenterrava e guardava bens alheios e que tinha sido atingido por maldições que os indígenas lançavam sobre quem roubava seus tesouros. Porém, a maioria dos colombianos acredita que ele era um padre acusado de bruxaria e que foi decapitado pelo povo.

Suas origens remontam à época da evangelização colonial, quando missioneiros católicos, que disseminavam o cristianismo, eram executados. Esse foi o caso do sacerdote FrayAntonio de Valdivieso, assassinado a punhaladas em 1549, por defender os direitos dos indígenas. Diz-se que o padre sem cabeça esconde seu crânio dentro de suas roupas por vergonha de seus atos. Na era da inquisição, eram cortadas as cabeças dos bruxos, feiticeiros, homens e prostitutas.

Esse é um dos mitos mais importantes entre os camponeses da Antioquia, talvez pelas consequências causadas por seu encontro. Quem o vê quase sempre perde suas faculdades mentais e a fala por vários dias. Diz-se também que, em certas ocasiões, ele aparece no interior de locais religiosos ou de escolas antigas. Por fim, alguns afirmam que o fantasma do padre sem cabeça aparece em lugares onde existem tesouros guardados e que ele os cuida ardorosamente até aparecer alguma pessoa corajosa que se atreva a reivindicá-los

DESTINOS

Loading