Todos os horários
CINEMA

A verdadeira história do sabre de luz de Star Wars

Atualmente, a saga Star Wars possui milhões de fãs em todo o mundo. Aos bilhões de dólares arrecadados em cada filme novo da franquia são somadas cifras exorbitantes, geradas pela venda de produtos associados. Um objeto em particular seduz tanto crianças quanto adultos: os sabres de luz utilizados pelos Jedi e Sith na ficção intergaláctica.

Vídeo relacionado:

No entanto, poucas pessoas sabem que o primeiro filme, “Star Wars: Episódio IV – Uma Nova Esperança”, lançado em 1977, teve um orçamento bastante reduzido, motivo pelo qual o diretor de arte, Roger Christian foi obrigado a construir o set de filmagem utilizando toneladas de lixo tecnológico.

Na verdade, os sabres de luz foram confeccionados com os cabos do flash de uma câmera dos anos 40, da marca Graflex, encontrados no fundo de uma loja especializada em materiais fotográficos.

“O que eu tinha em minhas mãos era exatamente como eu imaginava que seria uma espada a laser: um corpo pesado e cromado com um botão vermelho e um gancho de forma estranha na extremidade, que sustentava o refletor e se parecia com um aparelho capaz de gerar um feixe de luz laser”, explicou Roger Christian em uma entrevista.

Fonte: BBC

Imagem: siiixth/Shutterstock.com