SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

Usando uma espada, oficial britânico capturou 42 nazistas na Segunda Guerra

A Segunda Guerra Mundial foi um período de muito heroísmo e bravura. Uma das histórias mais impressionantes do conflito aconteceu em 1943, quando um oficial britânico capturou 42 nazistas usando uma espada. O fato aconteceu durante uma operação na Itália. 

Vídeo relacionado:

John "Mad Jack" Churchill comandava uma tropa que tinha como missão capturar a Sicília. Após desembarcar em Salerno, ele e seus homens lutaram durante cinco dias seguidos, enfrentando soldados alemães. Após um breve descanso, eles voltaram à carga para combater forças nazistas que haviam tomado três colinas, ameaçando batalhões do exército dos Estados Unidos.

A tropa de "Mad Jack" Churchill foi enviada para tomar uma das colinas. Durante a noite, o comandante liderou a ação, dividindo seus homens em seis colunas. Para que eles não se perdessem no escuro ou atacassem uns aos outros acidentalmente, ele ordenou que todos gritassem "comando!" a cada cinco minutos. A estratégia também servia para impor terror psicológico aos nazistas. 

Após tomar a colina, "Mad Jack", acompanhado de apenas um de seus soldados, saiu para caçar nazistas que estavam tentando se reorganizar. Empunhando sua fiel espada escocesa, ele conseguiu derrotar uma equipe nazista que operava um morteiro. Em seguida, o comandante e seu soldado saíram capturando todos os alemães que viam pela frente. Quando retornaram para a tropa, trouxeram com eles 42 prisioneiros.

Além dessa missão, "Mad Jack" Churchill também ficou conhecido por outros feitos. Ele foi a última pessoa a matar alguém em uma guerra com um arco-e-flecha, por exemplo. O oficial ainda escapou de dois campos de prisioneiros durante a Segunda Guerra Mundial. Churchill  morreu aos 89 anos, em 1996. 


Fonte: Business Insider

Imagem: Imperial War Museum, via Wikimedia Commons