Agora
TRATO FEITO
15H00
TRATO FEITO
15H30
TRATO FEITO
Todos os horários
EGITO

Tatuagens figurativas mais antigas do mundo são encontradas em múmia egípcia

As tatuagens andam cada vez mais populares. Se antes eram vistas com preconceito, hoje já são bem mais aceitas pela sociedade. Mas não é de hoje que as pessoas ostentam desenhos pelo corpo. Pesquisadores descobriram em duas múmias que estão no Museu Britânico as algumas das tatuagens mais antigas já encontradas.

Vídeo relacionado:

De acordo com os pesquisadores, as tatuagens foram feitas há 5300 anos, o que significa que as pessoas já eram tatuadas na África mil anos antes do que se imaginava. Os desenhos de um touro e de uma ovelha podem ser vistos no braço de uma múmia masculina. São as tatuagens figurativas mais antigas que se tem notícia. As ilustrações provavelmente simbolizavam poder e virilidade. No ombro de uma múmia feminina, foram encontrados símbolos em forma de "S". Especula-se que eles representassem status, coragem, proteção mística e conhecimento mágico. Nunca havia sido encontrada uma tatuagem tão antiga em uma mulher.

As múmias são originárias do sítio arqueológico de Gebelein, no Egito. Os corpos haviam sido naturalmente preservados devido ao calor e às areias quentes do deserto, sem embalsamamento. Curiosamente, as duas múmias estavam no Museu Britânico há 120 anos, mas os desenhos corporais haviam passado despercebidos. Apenas após terem sido investigadas com luz infravermelha é que as tatuagens foram identificadas.

As tatuagens mais antigas já encontradas pertencem ao Homem de Gelo Ötzi, que morreu nos Alpes austríacos-italianos entre os anos 3370 e 3100 a.C. Mas suas tatuagens retratavam pontos e riscos abstratos. A tatuagem da múmia masculina egípcia é a primeira que se tem conhecimento a retratar um animal.

Fonte: IFLScience

Imagem: Museu Britânico/Reprodução