Naufrágios

S.S. Connaught, o navio que naufragou há mais de 150 anos, com mais de 4.5 toneladas de ouro, é finalmente encontrado

Se o século XX teve com o Titanic o naufrágio mais famoso e representativo do transatlântico, o século XIX teve o S.S. Connaught, imenso navio de vapor que afundou em 1860, a 160 km do litoral de Boston, levando para as profundidades submarinas, entre outras coisas, uma carga de 4.500 kg de ouro. No entanto, além da enorme baixa monetária, ao contrário do que aconteceu com o Titanic, ninguém perdeu a vida neste naufrágio.

O S.S. Connaught zarpou de Galwey, na Irlanda, em 25 de setembro, com 592 pessoas a bordo, 50 na primeira classe, 417 na segunda e 125 membros da tripulação. Um pouco antes de chegar ao seu destino, uma tempestade repentina abriu um rombo no casco, e, durante o trabalho para tentar consertá-lo, houve um incêndio na coberta do navio. Assim, foi ordenada a liberação dos botes salva-vidas, mas de nada adiantou, pois eles foram destruídos e arrastados pelas ondas poderosas.Foi então que, por obra do destino, um pequeno cargueiro repleto de frutas apareceu no caminho. Aos poucos e trabalhosamente (imaginemos esta cena, digna de um filme épico) todos os passageiros a bordo do S.S. Connaught foram conduzidos ao pequeno navio e procuraram abrigos entres as toneladas de frutas.

E qual foi o destino do imponente transatlântico? Neste ano, 154 anos depois de seu desaparecimento, foram encontrados seus restos. A empresa de resgates marinhos Endurance Exploration Group escaneou com um sonar uma área de 1.800 km² para detectar sua localização e utilizou robôs submarinos para chegar ao navio. A carga de ouro, todavia, não foi encontrada. A empresa, por enquanto, estabeleceu como prioritária a classificação de todos os restos e o resgate daquilo que pode ser alcançado. À espera da produção de uma ficção cinematográfica, o que se sabe é que um documentário baseado no resgate já está sendo filmado.

Fonte e imagens: Gizmodo