Todos os horários
BOYS TOYS

Shelby GT350: o Mustang mais aguardado de todos os tempos

O novíssimo Ford Mustang Shelby GT350 2016 é certamente o Mustang mais exótico já construído, e sua chegada, neste outono (do hemisfério norte), com sua versão ainda mais alucinante, o GT350R, é um marco para o lendário Mustang e para todos os muscle cars americanos. 

É mais que surpreendente o fato de a Ford lançar esse carro com um preço base de US$ 48.659, especialmente porque o GT530 é um supercarro acessível que não deixa nada a desejar. Até hoje, os supercarros concorrentes se sustentavam na velha fórmula de motores pushrod V8 de muitas cilindradas, como o Corvette Z06 com seu supercompressor de 6.2 litros e 650 hp, e o incrível Dodge Challenger SRT Hellcat, com uma configuração parecida e 707 hp. Até mesmo o Dodge Viper tem como base um pushrod V10 de caminhão, com 8 litros de cilindrada.

O Mustang Shelby abandona o velho e abraça a tecnologia atual, oferecendo um motor V8 mais confiável, de 5.2 litros, que deixa os antigos pushrod, para adotar uma configuração mais adequada de 4 válvulas por cilindro e câmeras na parte posterior do veículo. Mas o que realmente enche os olhos está escondido no coração dessa supermáquina, e se trata de uma cambota plana. Sem entrar em termos tecnológicos, o que é complicado, vamos apenas dizer que uma cambota plana é o que faz uma Ferrari ser uma Ferrari e não qualquer picape com um motor V8. A cambota plana, ao contrário da tradicional cambota cross-plane, faz com que o V8 do GT350 emita um barulho de descarga que está mais para uma ária triunfante de uma ópera de Wagner do que para “Bad to the Bone” de George Thorogood. Um peso mais leve dessa manivela e um melhor balanço permitem ao Shelby acelerar até 8200 RPM e gerar 526 hp e 59 kg/m de torque sem a cilindrada de um motor de mais de 6 litros e sem um supercompressor.

Freios enormes, um clássico, porém modernizado manual das 6 velocidades, uma vetorização de torque de alta tecnologia como diferencial e um controle magnético de direção proporcionam a experiência de um supercarro, sem o preço adicional de US$  150 dólares. Melhor ainda, a carroceria sexy do Mustang, junto com um aerodinamismo exclusivo do GT350, dá toda uma aura especial ao supercarro.

Com US$ 11 mil adicionais, você pode levar o GT350R com peso reduzido, sem os assentos traseiros e com outras economias de peso, como dirigir em rodas de fibra de carbono superleves – aliás, o GT350R é o primeiro carro com produção em massa a usar rodas de fibra de carbono. Isso e rotores de carbono cerâmico reduzem seu peso não suspenso a 27 quilos, o que é uma perda de 40% na inércia rotatória! E isso pode ser traduzido em aumento de aceleração e um manuseio ainda mais agradável.

O Shelby GT350 é uma conquista histórica para a indústria automobilística, um veículo selvagem, porém sofisticado, e capaz de uma performance e sensações de um supercarro, mas que pode ser utilizado para o dia a dia.

Por menos de US$ 50 mil não há nada igual no mercado.

Veja abaixo um pouco de ação desse supercarro:

Você é apaixonado por mustang também? Veja Danny e os rapazes de Louco Por Carros na festa de comemoração dos 50 anos dessa máquina:


CLIQUE AQUI E AJUDE A PRESERVAR PAISAGENS INCRÍVEIS.

Fonte: The Man Guide