ESPAÇO

Rocha mais antiga da Terra pode ter sido encontrada na Lua

A rocha mais antiga da Terra pode ter sido encontrada na Lua. Isso mesmo: cientistas chegaram a essa conclusão ao analisarem amostras de um fragmento lunar coletado por astronautas durante a missão Apollo 14, há quase 50 anos. O fragmento terrestre teria chegado lá como consequência da colisão de um meteoro ou cometa com o nosso planeta.

Vídeo relacionado:

De acordo com os cientistas, esse grande impacto aconteceu há cerca de quatro bilhões de anos. A rocha só teria chegado à Lua porque naquela época o satélite natural fivava três vezes mais próximo da Terra do que atualmente. O fragmento contém quartzo, feldspato e zircão, minerais comuns no nosso planeta, mas raros em solo lunar.

Análises demonstraram que a rocha foi formada em temperaturas mais condizentes com às da Terra. Se ela tivesse se formado na Lua, teria refletido condições térmicas diferentes, segundo os pesquisadores. 

A rocha teria sido impulsionada para a Lua em um período no qual a Terra sofria muitos impactos de corpos celestes. Na superfície lunar, a rocha teria se fundido com outros materiais. "É uma descoberta extraordinária que nos ajuda a ter uma imagem melhor dos primórdios da Terra e de como esses impactos modificaram nosso planeta durante o início da vida" , disse o Dr. David Kring, do Centro de Ciência e Exploração Lunar.


Fontes: CNN e IFLScience

Imagem: Center for Lunar Science and Exploration/Divulgação