Todos os horários
ESPAÇO

Projeto Kilopower: EUA já estão trabalhando para conquistar Marte

A sobrevivência humana no inóspito planeta Marte começa a ganhar forma. Os Estados Unidos já estão trabalhando no projeto Kilopower, que permitirá que os primeiros habitantes do planeta vermelho sejam abastecidos de energia, oxigênio, combustível e água potável.

Vídeo relacionado:

O elemento-chave do projeto é um pequeno reator que permite a produção de energia elétrica de forma contínua por, pelo menos, dez anos.  Embora em missões anteriores da NASA tenham sido usados geradores termoelétricos, a manutenção da vida em Marte necessita de algo mais potente.

“Nas missões robóticas anteriores, eram produzidos pelo menos 200 w de potência, cifra que não seria suficiente para uma missão humana em Marte em longo prazo, que possui uma atmosfera de CO2 e mais de 12 horas de noite. Também há grandes variações de fluxo solar e fortes ventos”, afirmou Lee Mason, especialista em sistemas de energia.

O projeto Kilopower pretende gerar também megawatts de potência, graças à fissão do núcleo do urânio, capaz de liberar uma quantidade gigante de energia térmica. O sistema é tão poderoso que deixará inutilizáveis os sistemas de energia solar até então empregados.

“O projeto permitirá a exploração em grande escala, o estabelecimento de postos humanos avançados e a utilização de recursos in situ (produção de propulsores, oxigênio e água). A energia contínua diurna e noturna do Kilopower poderá ser utilizada em aterrissadores,  suportes básicos de vida, no carregamento de rovers, em perfurações, fusões, na calefação, coleta de amostras, processamento de materiais, suporte de vídeo, radar e telecomunicações, entre outras necessidades”, concluiu Mason.

Fonte: Space 

Imagem: NikoNomad/Shutterstock.com