Todos os horários
Ta Na História

Portuguesa Santista: Exemplo de luta contra o racismo

Por Thiago Gomide do Tá na História, em parceria com o Catraca Livre.

 

Parceria HISTORY, Ta Na História e Catraca Livre

 

 Negros para um lado. Brancos para o outro. A divisão na África do Sul era lei.

Negros não podiam entrar em clubes de brancos, escolas de brancos, andar nas calçadas onde brancos andavam, brincar onde os brancos brincavam, andar de ônibus com brancos...você imagina que seria diferente em uma partida de futebol?

A Portuguesa Santista, que nasceu em uma barbearia em Santos, criada pela colônia portuguesa, fez uma grande excursão pela África em 1959.

Tudo ia bem, até chegar à África do Sul.

Já na entrada no país, alguns jogadores, negros, foram barrados. Esse foi só o começo, o aperitivo.

O mais revoltante ainda estava por vir: quando o time estava no vestiário, pronto para encarar um time local da Cidade do Cabo, um dirigente do futebol local entrou e disse que os jogadores negros não poderiam entrar em campo.

Gerou aquela confusão. O que iremos fazer? Os jogadores ficaram revoltados. Eis que Joaquim de Almeida Serra foi categórico: ou jogam todos ou não joga ninguém.

Quer saber o final dessa história? Por que a Portuguesa Santista é um exemplo de luta contra o racismo? Como o fato mexeu com as estruturas diplomáticas do Brasil e da África do Sul?

O vídeo responde isso tudo.

O canal no YouTube está lotado de curiosidades históricas. Entra lá e se inscreva!

Pra entrar em contato, o e-mail é [email protected]


 

THIAGO GOMIDE é jornalista e pesquisador. Foi apresentador e editor do Canal Futura e da MultiRio, ambos dedicados à educação. Escreveu e dirigiu o documentário "O Acre em uma mesa de negociação". Além de ser o responsável pelo conteúdo do Tá na História, atualmente edita e apresenta o programa A Rede, na Rádio Roquette Pinto ( 94,1 FM - RJ). 

A proposta do Tá na História é oferecer conteúdos que promovam conhecimento sobre personagens e fatos históricos, principalmente do Brasil. Tudo isso, claro, com bom humor e muita curiosidade.