Todos os horários
Ta Na História

Para provar estar certo, Thor atravessou um Oceano

Por Thiago Gomide do Tá na História, em parceria com o Catraca Livre.

 

Parceria HISTORY, Ta Na História e Catraca Livre

 

Alguém já duvidou de alguma capacidade sua? Alguém já falou que alguma ideia sua era absurda?

Então olha só essa história.

O norueguês Thor Heyerdahl morou na Polinésia com a mulher, a Liv, na década de 1930.

Ele, que foi para estudar os animais da ilha, acabou se apaixonando pelos costumes, as tradições do local.

Quando soube da lenda do Deus tribal polinésio Tiki, Thor viu uma incrível semelhança com as crenças ameríndias.

O rei-sol, venerado pelos incas peruanos, chamava-se Virakocha, mas também era chamado de Kon Tiki ou Illa Tiki.

Será que poderia ser o mesmo? Como? Eram lugares muito distantes.

A lenda conta que Kon Tiki e seus companheiros mais próximos tiveram que fugir do que hoje conhecemos como Peru, para não serem exterminados por uma tribo invasora.

Pra isso, eles foram Oceano Pacífico à dentro. Isso há milhares de anos.

Quer saber o meio de transporte? Segundo Thor, eles foram em um tipo de jangada.

Thor contou isso em diversas universidades, fruto de um estudo enorme que ele fez.

A reação foi de deboche. Ele só podia estar louco. Pra boa parte dos debochados, a migração só começou após as grandes navegações, por volta de 1500.

Muitos provocaram: se ele realmente achava isso, que era possível chegar a Polinésia com uma jangada, deveria provar.

Era quase um suicídio. Loucura completa.

No vídeo, você vai conhecer uma das maiores aventuras que o homem já presenciou.

De tão inacreditável, a filmagem dessa epopeia ganhou um Oscar.

 

 Semana que vem tem mais.

Quer outros vídeos de história? Entra no nosso canal youtube.com/tanahistoria

O canal no YouTube está lotado de curiosidades históricas. Entra lá e se inscreva!

;)

Pra entrar em contato, o e-mail é [email protected]


 

THIAGO GOMIDE é jornalista e pesquisador. Foi apresentador e editor do Canal Futura e da MultiRio, ambos dedicados à educação. Escreveu e dirigiu o documentário "O Acre em uma mesa de negociação". Além de ser o responsável pelo conteúdo do Tá na História, atualmente edita e apresenta o programa A Rede, na Rádio Roquette Pinto ( 94,1 FM - RJ). 

A proposta do Tá na História é oferecer conteúdos que promovam conhecimento sobre personagens e fatos históricos, principalmente do Brasil. Tudo isso, claro, com bom humor e muita curiosidade.