Todos os horários
saúde

OMS determina que o vício em videogames é um problema mental

Nas últimas décadas, os videogames ganharam espaço na vida das crianças, adolescentes e jovens adultos. Mas, enquanto para alguns, trata-se de um simples entretenimento, outros podem chegar a desenvolver um sério vício. 

Vídeo relacionado:

Recentemente, a Organização Mundial de Saúde (OMS) determinou que o vício em videogames é uma doença mental que será incluída na próxima edição da Classificação Internacional de Enfermidades (IDC-11). O artigo da OMS especifica que “os profissionais da saúde devem reconhecer que os transtornos relacionados aos videogames podem trazer sérias consequências para a saúde”.

Os especialistas, por sua vez, recomendam ficar alerta a diversos sinais que podem significar que o hábito está se tornando um problema, como, por exemplo, superar as 25-30 horas de jogo semanais, experimentar um empobrecimento dos vínculos sociais e dos interesses em geral fora do jogo ou sentir altos níveis de ansiedade ou euforia durante a atividade. 

 


 Fonte: BBC 

Imagem: Shutterstock.com