RENASCIMENTO

O último descendente de uma das famílias mais poderosas da história

Escritor é um dos últimos Médici, o sobrenome que dominou a Europa durante o Renascimento. 

Vídeo relacionado:
Lourenço de Médici nasceu em Milão, na Itália, há 66 anos. O escritor é um dos últimos descendentes dos famosos Médici, a família que determinou o destino de toda a Europa durante o Renascimento. De fato, ele recebeu esse nome em homenagem a Lourenço o Magnífico, seu antepassado do século XV, governante da cidade de Florença durante a Idade de Ouro do Renascimento. Em uma entrevista realizada à BBC, Lorurenço conta como é viver com o legado de sua família.

Ele explica que, por causa de sua linhagem, as pessoas pressupõem que ele é um especialista na história do Renascimento e que carregar esse sobrenome o obriga a estar o tempo todo à altura das circunstâncias.

Além disso, Lourenço acredita que o que transformou os Médici em um dos clãs mais poderosos da história foi o marketing, e que outras famílias, como os Rockefeller e os Fugger, tentaram imitá-los sem tanto sucesso.

O escritor e seu irmão não tiveram filhos, por isso, é provável que sejam os últimos homens vivos dessa linhagem poderosa.


Fonte: BBC

Imagem: Shutterstock