Agora
TRATO FEITO
05H37
TRATO FEITO
Todos os horários
Ta Na História

O que Euclides da Cunha encontrou em uma louca viagem pela Amazônia?

Por Thiago Gomide do Tá na História, em parceria com o Catraca Livre.

Parceria HISTORY, Ta Na História e Catraca Livre

Se o Euclides da Cunha fosse um acomodado, ele ficaria em casa curtindo os louros de uma das mais completas reportagens feitas por um brasileiro. Aos 40 anos, o jornalista e escritor já era famoso por ter composto “Os Sertões”, um retrato da Guerra de Canudos.

 

Mas não, Euclides queria ir além. Por isso fez o possível e o impossível para ir ao Acre conhecer a região e escrever sobre o que estava acontecendo por aquelas bandas.

 

Na viagem, Euclides viu combates entre brasileiros e peruanos, viu de perto a ação de animais, como onças, a ação de doenças, como o paludismo, a malária e, claro, as chacinas...

 

Aperte o play para saber mais sobre as chacinas e como rolava a escravidão naquela região no começo do século XX.

 

Euclides retratou tudo isso em uma obra que não chegou a ser terminada. Chama-se Paraíso Perdido.

 

O escritor voltou com malária dessa viagem. Pouco tempo depois, foi assassinado numa história que envolve sua esposa, Anna de Assis, traição e ciúmes.

 

Se você conhece alguma história incrível, me conte no [email protected]. ;)

 

Abraços e até semana que vem! 


THIAGO GOMIDE é jornalista e pesquisador. Foi apresentador e editor do Canal Futura e da MultiRio, ambos dedicados à educação. Escreveu e dirigiu o documentário "O Acre em uma mesa de negociação". Além de ser o responsável pelo conteúdo do Tá na História, atualmente edita e apresenta o programa A Rede, na Rádio Roquette Pinto ( 94,1 FM - RJ). 

A proposta do Tá na História é oferecer conteúdos que promovam conhecimento sobre personagens e fatos históricos, principalmente do Brasil. Tudo isso, claro, com bom humor e muita curiosidade.