Todos os horários
Ta Na História

O Museu Nacional é importante?

Por Thiago Gomide do Tá na História, em parceria com o Catraca Livre.

 

Parceria HISTORY, Ta Na História e Catraca Livre

 

Qual é a importância do Palácio da Quinta da Boa Vista para a história do Brasil? Qual é a importância do Museu Nacional?

Fugindo das tropas de Napoleão Bonaparte, a família real veio morar no Rio de Janeiro em 1808.

A partir de 1809, D. João VI e a família real começam a se mudar para esse cantinho arborizado e de “boa vista”.

Carlota Joaquina, esposa do monarca, era uma exceção: ela preferiu residir em uma chácara na Praia de Botafogo. Distante. Bem distante. 

Antes, o palácio que se chamava São Cristóvão e o resto do espaço pertenciam ao comerciante Elias Antônio Lopes. Pensando em uma ótima relação com os poderosos portugueses, Elias resolveu dar esse pequeno espaço para o príncipe regente.

O futuro foi generoso com ele, vale dizer.

Aqui morou D.Pedro I, Imperatriz Leopoldina e nasceram D.Pedro II e Princesa Isabel.

Por falar em Dom Pedro I, foi aqui que, a partir de 1822, ano da independência do Brasil,  ele engatou um romance com Domitila de Castro, a Marquesa de Santos. Ela também ocupou o palácio de 1826 a 1829.

Saiba mais sobre o Museu Nacional. Entenda o que foi perdido com o fogo. É só apertar o play.


 

THIAGO GOMIDE é jornalista e pesquisador. Foi apresentador e editor do Canal Futura e da MultiRio, ambos dedicados à educação. Escreveu e dirigiu o documentário "O Acre em uma mesa de negociação". Além de ser o responsável pelo conteúdo do Tá na História, atualmente edita e apresenta o programa A Rede, na Rádio Roquette Pinto ( 94,1 FM - RJ). 

A proposta do Tá na História é oferecer conteúdos que promovam conhecimento sobre personagens e fatos históricos, principalmente do Brasil. Tudo isso, claro, com bom humor e muita curiosidade.