GENÉTICA

O formato dos crânios de alguns de nós é herança dos neandertais, segundo estudo

Um artigo publicado no jornal Current Biology diz que o formato da  cabeça de grande parte da população pode estar ligado aos nossos ancestrais neandertais. Estudos indicam que a maioria das pessoas de origem não-africana possui um pouco de DNA neandertal. O motivo disso foi o cruzamento dos nossos antepassados com seus primos hominídeos na Eurásia, há milhares de anos. 

Vídeo relacionado:

Os cientistas dizem que esse DNA neandertal presente nos humanos atuais pode contribuir no aparecimento de doenças como depressão e tabagismo. Além disso, o material genético herdado dos neandertais também influiria no formato de nossas cabeças. Enquanto nós temos um formato mais globular do crânio, outras espécies de hominídeos, incluindo os neandertais, tinham uma cabeça mais alongada.

Para descobrir se o gene da cabeça plana foi herdado dos neandertais, cientistas fizeram uma tomografia computadorizada em 19 crânios de humanos modernos e sete neandertais. Eles compararam os resultados com dados sobre os genes e ressonâncias magnéticas de quase 4.500 pessoas e descobriram dois genes associados a um formato de crânio mais parecido ao dos neandertais: o PHLPP1 e o UBR4. 

No entanto, o resultado da presença desses genes nas pessoas de hoje é mínimo e não há como detectar, “a olho nu”, o formato mais chato da cabeça delas. "Os efeitos causados por carregar esses fragmentos de neandertal são sutis", disse o neurogeneticista Simon Fisher, um dos autores do estudo.


Fonte: IFLScience

Imagem: Shutterstock.com