Todos os horários
ASTROFÍSICA

Novo experimento confirma a hipótese de Einstein sobre “monstro gravitacional”

A teoria da relatividade geral de Albert Einstein, desenvolvida há mais de um século, em 1915, afirma que a luz visível é afetada pela gravidade. Também diz que durante esse processo, ela modifica sua longitude de onda. Apesar da validação teórica que essa hipótese possui, ela nunca pôde ser comprovada.

Vídeo relacionado:

Recentemente, pesquisadores do Observatório do Sul da Europa (ESO, na sigla em inglês), foram capazes de provar que Einstein estava certo. Além disso, sua teoria pôde ser comprovada em condições muito mais extremas das que o físico havia imaginado.

 Os cientistas do ESO conseguiram acompanhar, com o auxílio de um avançado telescópio, a passagem da estrela S2 pelas imediações do buraco negro supermassivo mais próximo à Terra, o Sagitário A, um verdadeiro “monstro gravitacional”, localizado no centro da Via Láctea. Ao revisar as medições obtidas, foi possível constatar que, tal como previu Einstein, a luz da estrela havia adquirido comprimentos de onda maiores, devido ao enorme campo gravitacional do buraco negro. Os cientistas comprovaram também que a mudança na longitude de onda registrada coincidiu, com precisão assombrosa, com os cálculos do cientista alemão.


 Fonte: BBC 

Imagem: Shutterstock.com