Naufrágios

Navio pirata é redescoberto após objetos aparecerem na costa inglesa

Após uma série de tempestades, objetos que estavam no navio Schiedam, que naufragou em 1684, apareceram na costa da Cornualha, na Inglaterra. A embarcação mercante holandesa redescoberta agora havia sido capturada por piratas em 1683. Depois de ter sido recuperado, o barco foi utilizado pela frota da coroa britânica até afundar. 

Vídeo relacionado:

O navio já havia sido encontrado por mergulhadores em 1971. No local do naufrágio, foram descobertos diversos objetos, como canhões. Agora, apareceram na praia peças decorativas de mármore e granadas de mão. Os artefatos ainda tinham pólvora dentro deles. 

O Schiedam naufragou quando trazia um carregamento de munição do norte da África. Além disso, a embarcação também transportava passageiros e cavalos. Historiadores acreditam que boa parte da carga foi saqueada assim que o navio afundou, em 4 de abril de 1684.

"O naufrágio do Schiedam é fascinante porque ele estava transportando bens da colônia de Tangier (Marrocos), que foi abandonada aos mouros", disse David Gibbins, da Arqueologia Marítima da Cornualha. "Isso representa um momento crucial da história, porque o fracasso em Tangier levou os ingleses para Bombaim (Índia)", completou. Após a redescoberta, foram feitas imagens em 3D do navio, revelando detalhes da embarcação.


Fonte: IFLScience

Imagem: David Gibbins/Cornwall Maritime Archaeology