Todos os horários
saúde

Marca-passos cerebrais são testados contra a perda de memória

Cientistas das universidades da Pensilvânia e Thomas Jefferson, ambas nos EUA, apresentaram recentemente um dispositivo revolucionário, projetado para melhorar a memória de pacientes que, por causa de diversas condições médicas, como Alzheimer, demência e lesões cerebrais, veem suas capacidades cognitivas diminuídas.

Vídeo relacionado:

O implante inovador combina uma técnica chamada estimulação cerebral profunda com o monitoramento em tempo real da atividade neuronal. Dessa maneira, emite uma descarga elétrica cada vez que o cérebro necessita armazenar informações novas, atuando como um “marca-passos” cerebral. 

O dispositivo foi testado por 25 voluntários que, depois de um tempo, mostraram melhoras de até 15% para recordar palavras. 

“O mais legal nesse estudo é que nos mostrou por que a estimulação do cérebro funciona em algumas condições, e em outras não”, afirmou Bradley Voytek, professor assistente de ciência cognitiva e neurociência da Universidade da Califórnia, em San Diego. “Isso nos dá um parâmetro para seguir em frente”, concluiu.

 


Fonte: The New York Times 

Imagem: vitstudio/Shutterstock.com