Todos os horários
pré-história

Humanos já domesticavam cães nas Américas há 10 mil anos

Cientistas encontraram evidências de que cães já eram domesticados nas Américas há cerca de 10 mil anos. Durante um congresso, a arqueóloga Angela Perri apresentou uma pesquisa analisando uma antiga sepultura onde foram encontrados três cachorros enterrados por humanos. Os ossos milenares foram achados em Illinois, nos Estados Unidos.

Vídeo relacionado:

De acordo com Perri, pesquisadora da Universidade Durham, na Inglaterra, essa é a mais antiga evidência de enterros de cães no mundo. Como não havia sinais de que os cachorros foram mortos de forma violenta, eles devem ter perecido de causas naturais. Isso indica que os animais eram muito estimados pelos povos antigos que habitavam a região.

Análises dos ossos das mandíbulas e dos dentes dos animais sugerem que eles tinham parentesco com lobos modernos. Eles também podem ter cruzado com coiotes. 

Não se sabe exatamente como esses cães chegaram às Américas. Perri diz que eles podem ter acompanhado os humanos que vieram da Ásia para a região há cerca de 11.500 anos. 


 
Fonte: Science News

Imagem: Del Baston/Center of American Archeology/Divulgação