Todos os horários
CURIOSIDADES

Histórias de amor entre pessoas e não-humanos existem na ficção e na realidade

A mitologia e a ficção estão repletas de histórias amorosas envolvendo pessoas e criaturas não-humanas. Os gregos antigos já contavam que Zeus se transformou em um cisne para seduzir a princesa Leda. O conto de fadas da Bela e a Fera, publicado pela primeira vez em 1740, rendeu adaptações para o cinema e continua popular até hoje. O gorila King Kong se apaixonava por uma mulher no clássico filme de 1933 e em seus remakes. O recente A Forma da Água aborda o relacionamento amoroso entre uma mulher e um ser aquático capturado na Amazônia.

Vídeo relacionado:

Maria Tatar, professora de literatura na universidade de Harvard, diz que  originalmente essas narrativas serviam para que as jovens explorassem a natureza "bestial" do sexo. Segundo ela, a ideia de companheirismo no casamento e amor à primeira vista é bastante recente. "Essas histórias eram contadas para ajudar as moças a se acostumarem com a ideia de casar com alguém monstruoso. Para garotas de 14 anos - e geralmente elas se casavam nessa idade - qualquer homem adulto parecia um monstro grande e peludo", complementa.

Um outro tema central em todas essas histórias é o elemento transformador do amor. As qualidades redentoras da empatia e da compaixão eram capazes de transformar um monstro em uma alma-gêmea.  Mas fora da ficção, também existem casos de relacionamentos entre pessoas e seres não-humanos.

A artista inglesa Barbarella Buchner casou com seus dois gatos, Lugosi e Spider, em 2004. Ela até encomendou uma certidão de casamento de mentirinha de um site de humor que facilita matrimônios interespécies. "Eles são meus companheiros animais e não meus namorados. A maioria das pessoas não entende que o amor que sinto por eles pode ser tão profundo quanto o que alguém pode sentir por outro ser humano", disse ela.

Em 2006, a inglesa Sharon Tendler casou com o golfinho Cindy, que conheceu em um resort em Israel. Vestida de noiva, ela se ajoelhou e beijou o animal durante a cerimônia. "Não é algo ruim. Eu só casei porque sou apaixonada por ele, mas não de um jeito que se ama um homem. É apenas amor puro o que eu sinto por esse animal", disse.

Em 2010, o alemão Uwe Mitzscherlich quis se casar com sua gata asmática Cecilia quando o veterinário disse que ela não teria muito tempo de vida. Como casar com um animal é ilegal na Alemanha, ele teve que encenar uma cerimônia bizarra, contratando uma atriz para celebrar a união.

Em alguns lugares do mundo, casamentos entre humanos e animais possuem conotação mística. Em 2007, o indiano Selva Kumar se casou com um cachorro para se livrar de uma maldição. Também na Índia, em 2003, uma menina de nove anos contraiu núpcias com um cão para quebrar um encanto.

Fonte: Live Science, Oddee e Huffpost

Imagem: Fox Searchlight/Divulgação