Todos os horários
EGITO

Evidência de cirurgia craniana é encontrada no sarcófago de Alexandria

Pesquisadores egípcios começaram a analisar os restos mortais encontrados no sarcófago negro de Alexandria. A tumba continha os esqueletos de dois homens e uma mulher, além de três folhas de ouro com inscrições misteriosas. Um dos corpos também apresenta evidências de ter sido submetido a uma cirurgia craniana.

Vídeo relacionado:

Nadia Kheider, do Departamento de Antiguidades do Egito, disse que a mulher tinha entre 20 e 25 anos quando morreu. O mais intrigante é que foi encontrado um pequeno orifício na parte de trás de seu crânio. Ao examinar o ferimento, os pesquisadores concluíram que ele havia sido provocado por um objeto afiado, como uma flecha. 

Os cientistas acreditam que a mulher tenha vivido um longo tempo com a cavidade, sugerindo que ela pode ter passado por uma cirurgia craniana conhecida como trepanação. Novos estudos serão necessários para comprovar essa teoria. Caso ela seja confirmada, será um raro exemplo desse tipo de procedimento encontrado no Egito.

Quanto aos dois homens, um morreu quando tinha entre 20 e 25 anos, e o outros quando tinha cerca de 40 anos de idade. A causa da morte de nenhum deles pôde ser determinada. Os pesquisadores acreditam que o líquido encontrado no sarcófago (que algumas pessoas queriam beber) tinha coloração avermelhada devido a uma mistura entre esgoto e os panos que envolviam os esqueletos.



Fonte: Gizmodo

Imagens: Departamento de Antiguidades do Egito/Reprodução