Todos os horários
MULHERES

Estudo revela que parto deitado pode ter se popularizado por culpa de um rei pervertido

A posição mais comum para uma mulher dar à luz é com ela deitada de costas. Apesar disso, outras posições, como o parto de cócoras, são consideradas mais eficientes e menos dolorosas. Exames de raios-X já mostraram que quando a mulher está acocorada, a região pélvica se dilata mais, encurtando o tempo necessário para o nascimento do bebê.

Mas por que o parto com a mulher deitada de costas se popularizou? Nem sempre foi assim. O motivo para isso é bastante controverso e tem origem nos desejos de um rei.

Luís XIV, que governou a França no século XVII, gostava de observar suas mulheres dando à luz. Como ele não conseguia ver direito o que estava acontecendo quando elas estavam de cócoras, ordenou que elas parissem de costas, segundo  Lauren Dundes, professora  de sociologia do McDaniel College, nos Estados Unidos. "Antes dessa época, os registros históricos de nascimentos indicam uma predominância de outros tipos de postura de parto", diz Dundes.

Estudiosos afirmam que o rei gostava de observar as mulheres nessa posição por motivos pervertidos. O povo pode ter sido influenciado pelo seu monarca, que promovia o parto de costas, e assim a posição se popularizou. Desde então, essa é a postura de parto mais utilizada no mundo ocidental.

Fonte: IFLScience

Imagem: LightField Studios/Shutterstock.com