Todos os horários
IDADE MÉDIA

A estranha fortaleza construída para barrar a porta do inferno

De todas as  histórias que envolvem supostas entradas para o inferno, a do Castelo de Houska é uma das mais curiosoas. A fortaleza medieval está em um monte sem posicionamento estratégico e é fortificada por dentro, e não por fora. As lendas locais dizem que a construção tem um só propósito: fechar a entrada à terra dos demônios. 

Vídeo relacionado:

Os primeiros registros do lugar remontam ao príncipe Slavibor Pšovany, um dos senhores tribais que até o século X governavam os territórios onde atualmente fica a República Tcheca. Segundo conta a história, Slavibor construiu a primeira fortaleza para seu filho Houza, por isso o nome. O castelo atual foi construído a pedido do Rei Přemysl Ottokar II, da Boêmia, em 1270, mas o primeiro registro escrito da construção não apareceu até 1316, quando passou às mãos da nobreza.

Para os especialistas, Ottokar construiu Houska como centro administrativo local das propriedades da coroa. Essa pode ser a resposta para alguns dos mistérios que rondam o castelo. A edificação não possui nenhuma fonte de água perto e nem uma cozinha. Simplesmente, foi elaborada para não ser habitada. Sua localização também é inusitada. Está distante das principais rotas de comércio e não tem nenhuma importância militar. 

Ao longo dos anos, a cultura popular desenvolveu uma explicação muito mais fantasiosa para a construção da edificação. Ao invés de abrigar um mero centro administrativo, o castelo teria sido erguido em cima de um poço, que serviria de entrada para o mundo das trevas. Reza a lenda que a capela da fortaleza fica exatamente em cima do portal demoníaco. Na época da II Guerra Mundial o local foi ocupado por nazistas. Os seguidores de Hitler teriam realizado rituais de ocultismo por lá. 


 Fonte: Gizmodo 

Imagem:  Lukáš Kalista, via Wikimedia Commons