Todos os horários
PROFECÍAS

Estas são as previsões de Nostradamus para 2018

Mais conhecido como Nostradamus, por volta do ano 1555 o médico e astrólogo Michel de Nôtre-Dame formulou profecias que revelariam o futuro da humanidade. Guerras, confrontos políticos, doenças e líderes que marcariam o destino do mundo – está tudo registrado nos seus escritos.

Vídeo relacionado:

Hoje, muitos séculos depois, as profecias de Nostradamus continuam surpreendendo o mundo. É que se atribui a ele a previsão de duas guerras mundiais, a ascensão de Hitler ao poder, a queda das Torres Gêmeas de Nova York e a posse de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos, entre outros eventos. 

Abaixo, suas previsões para 2018:

Grande terremoto na Califórnia: Quando Nostradamus alerta para um cataclismo violento, é difícil deixar de pensar na terrível Falha de Santo André, uma cordilheira sismicamente muito ativa no estado da Califórnia. Os cientistas sabem que há uma grande quantidade de energia acumulada na região, e sua liberação, por meio de um sismo, poderá ter consequências catastróficas.

Os Estados Unidos serão “ingovernáveis e incompetentes”: O ano de 2018 será o começo da pior etapa para o governo de Donald Trump. Entre reformas migratórias, políticas internas e, principalmente, políticas externas, há várias frentes que poderão causar uma série de conflitos dificilmente superáveis.

Um líder importante da Igreja Católica morrerá: Os estudiosos da obra de Nostradamus afirmam que 2018 será o ano de morte de um líder de alto escalão da Igreja Católica. Por causa disso, muitas pessoas lembram as palavras do Papa Francisco ao assumir seu cargo, em 2013: “Vivo como uma generosidade do povo de Deus. Interiormente, tento pensar nos meus pecados, nos meus erros, para não me tornar orgulhoso. Porque sei que durará pouco tempo. Dois ou três anos. E, depois, para a casa do Pai!”.

Terceira Guerra Mundial: Embora as mensagens em torno desse tema sejam muito enigmáticas, os especialistas em Nostradamus sugerem que o profeta poderia ter previsto o início da Terceira Guerra Mundial em 2018. Entre outros fatores, menciona-se a escalada de tensão entre os EUA e a Coreia do Norte ou o reconhecimento recente de Jerusalém como a capital do estado de Israel pela administração de Trump.


Fonte: Cultura Colectiva 
Imagem: Shutterstock