Todos os horários
Rei Artur

Especialistas encontram misteriosas inscrições no "castelo do Rei Artur"

O Rei Artur e sua corte são uma das maiores lendas da Inglaterra. Embora sua existência nunca tenha sido comprovada, o mito medieval ainda gera fascinação. Agora, uma nova descoberta reacende as especulações em torno de sua figura.

Vídeo relacionado:

Uma misteriosa inscrição foi descoberta nas ruínas de um castelo associado ao lendário Rei. O texto, gravado em uma pedra no Castelo Tintagel, na Cornualha, combina escrita em latim, letras gregas e símbolos cristãos. A relíquia foi encontrada por especialistas da Cornwall Archaeological Unit (Unidade Arqueológica da Cornualha).

O castelo foi apontado pelo escritor Geoffrey of Monmouth, que viveu no século XII, como o local onde o Rei Artur foi concebido. Mas apesar do entusiasmo inicial, a nova descoberta não traz nenhuma revelação sobre o monarca. O texto, provavelmente escrito no século VII, traz nomes romanos e céticos. As palavras latinas ‘fili’ (filho) e ‘viri duo’ (dois homens) também aparecem na pedra.

A descoberta mostra que a influência da cultura romana permaneceu na Grã-Bretanha muito após a retirada dos romanos da região, entre os séculos IV e V. Essa não é a primeira inscrição encontrada no local que intrigou especialistas. Em 1998, arqueólogos encontraram uma pedra que continha o nome céltico "Artognou" gravado. Erroneamente, algumas pessoas interpretaram o nome como sendo uma versão de "Artur".  


 Fonte: Fox News

Imagem: Paolo Trovo / Shutterstock.com