PIRÁMIDES

Egito investiga imagens de casal que teria feito sexo na pirâmide de Gizé

Autoridades egípcias estão investigando um vídeo que mostra um casal de turistas nus no alto da pirâmide de Gizé. Eles também teriam feito sexo no topo do monumento. Inicialmente, o Ministério das Antiguidades do Egito sugeriu que as imagens seriam falsas. O caso provocou revolta no país muçulmano. 

O casal de dinamarqueses disse que passou horas se esgueirando nas proximidades da pirâmide antes de fazer a escalada. Subir no monumento é proibido desde os anos 1980. O ministro Khaled al-Anani afirmou que a autenticidade do vídeo está sendo verificada. Caso seja confirmada, os responsáveis pela segurança devem ser processados por negligência.

O vídeo, postado pelo fotógrafo Andreas Hvid, mostra ele e uma mulher escalando a pirâmide à noite. Em determinado momento, a moça fica sem camisa. No site do dinamarquês também foi postada uma foto que mostra ambos aparentemente fazendo sexo no local em plena luz do dia. 

O fotógrafo negou que eles tivessem feito sexo na pirâmide. Autoridades do Egito classificaram as imagens como "uma violação da moralidade pública". O vídeo viralizou e causou indignação tanto de egípcios quanto de dinamarqueses. "Estou triste pelo fato de tantas pessoas terem ficado irritadas. Mas eu também recebi reações positivas de muitos egípcios", afirmou Andreas. Confira o vídeo:

 


Fonte: BBC

Imagens: Andreas Hvid/Reprodução