Agora
TRATO FEITO
23H30
TRATO FEITO
23H58
TRATO FEITO
Todos os horários
Ta Na História

Dom Pedro II e Graham Bell: um encontro revolucionário

Por Thiago Gomide do Tá na História, em parceria com o Catraca Livre.

 

Parceria HISTORY, Ta Na História e Catraca Livre

 

Um homem barbudo pega um aparelho estranho e coloca perto do ouvido. Desconfiado, espera qualquer parada, menos a voz de outra pessoa.

Esse homem era o Imperador do Brasil Dom Pedro II. O objeto era um protótipo do que conhecemos hoje como telefone.

Após algumas tentativas, o som saiu limpinho. Ser ou não ser? A pergunta clássica de Shakespeare saiu da garganta do professor Graham Bell a alguns metros de distância.

Dom Pedro II quase caiu para trás. Não era possível que aquela parada funcionasse.

Graham Bell patenteou o telefone em 1876, ano que rolou uma grande exposição na Filadélfia, Estados Unidos, comemorando o Centenário da Independência Americana.

Vários inventores estavam nesse lugar, nesse momento histórico, apresentando os frutos de suas pesquisas. Graham Bell não chamava atenção. Pelo contrário, era motivo de deboche.

O encontro dos dois foi revolucionário por vários motivos.   

Quer saber como foi esse encontro? O que os críticos achavam do inventor escocês? Como Graham Bell vendeu a ideia?  Quer saber o que mudou na vida do pai do telefone depois do apoio de Dom Pedro II? Aperta o play, vai!

Em 1877, o telefone chega ao Brasil.

Lógico que o Imperador foi o usuário número 1. O aparelho foi instalado no Palácio Imperial de São Cristóvão, na Quinta da Boa Vista, hoje Museu Nacional, no Rio de Janeiro.

Pouco tempo depois, aconteceu o previsível: o Rio de Janeiro possuía vários usuários e havia linha que ligava Rio de Janeiro a Petrópolis, cidade na Serra Fluminense e reduto de férias da família real.

Graham Bell morreu em 1922, considerado um dos mais importantes gênios da história.

Dom Pedro II viu em 1889 a Monarquia cair e, exilado em Paris, morreu em 1891.

Se o Imperador não entrasse na vida de Graham Bell, o futuro desse aparelho que você está lendo esse texto ou que está na sua bolsa ou no bolso seria diferente.

Muito diferente.

***

O canal no YouTube está lotado de curiosidades históricas. Entra lá e se inscreve.

THIAGO GOMIDE é jornalista e pesquisador. Foi apresentador e editor do Canal Futura e da MultiRio, ambos dedicados à educação. Escreveu e dirigiu o documentário "O Acre em uma mesa de negociação". Além de ser o responsável pelo conteúdo do Tá na História, atualmente edita e apresenta o programa A Rede, na Rádio Roquette Pinto ( 94,1 FM - RJ). 

A proposta do Tá na História é oferecer conteúdos que promovam conhecimento sobre personagens e fatos históricos, principalmente do Brasil. Tudo isso, claro, com bom humor e muita curiosidade.