Todos os horários
LOUCO POR CARROS

Dirigir à noite engana o seu cérebro, diz estudo

Um estudo descobriu por que dirigir à noite ou num nevoeiro é mais difícil: a razão pode estar na forma como o nosso cérebro "lê" o movimento do carro.

Uma pesquisa da Universidade de Leeds, na Inglaterra, teve como objetivo descobrir como as pessoas avaliam o quão rápido elas se movem enquanto dirigem um carro. Os resultados podem também explicar como os animais se movem por caminhos demarcados, trilhas ou pistas, disseram os pesquisadores.

[O HISTORY AGORA ESTÁ NO SPOTIFY: CLIQUE AQUI E SIGA-NOS]

 



Quando nós dirigimos, nós confiamos na capacidade do nosso cérebro em processar a velocidade em que o chão está passando na nossa frente, afirma o novo estudo. Essa percepção de velocidade pode sofrer mudanças se a condução do carro ocorrer no meio da neblina ou à noite, pois é mais difícil de ver os objetos passado em movimento. Isso daria a impressão de que estamos andando mais lentamente do que realmente estamos. Isso acontece porque nos baseamos na estrada toda para termos uma noção de velocidade e não somente nas suas extremidades, alegam os pesquisadores.

Ao passar por uma superfície no solo, nós experimentamos um movimento perceptual aparente dos elementos de textura, que se refere ao nosso fluxo óptico. Quando nosso fluxo óptico é "degradado", por exemplo, pela presença de neblina ou de condução à noite, isto pode reduzir a velocidade percebida. Assim como os humanos, outras espécies são sensíveis ao movimento de objetos em torno deles quando se movem. São os casos das abelhas, moscas, pássaros e as formigas do deserto.

"Nós concluímos que o cérebro humano realiza a média mundial de velocidade do fluxo de toda a cena e utiliza este sinal como uma entrada para o controle de direção", disse Richard Wilkie, co-autor do estudo, ao jornal DailyMail.

"Nossas descobertas indicam que tais condições podem causar erros sistemáticos de direção mesmo quando existem claras marcas visuais para a posição na pista e os requisitos de direção futuros."

 

 


Fonte: DailyMail
Imagem: Harsanyi Andras/Shutterstock.com