Todos os horários
JUDAÍSMO

Dia da Lembrança do Holocausto não deixa a tragédia cair no esquecimento

O Holocausto foi um dos episódios mais trágicos da história da humanidade. Foi quando cerca de seis milhões de judeus morreram nas mãos de nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. Para que ninguém jamais esqueça dessa atrocidade, todo ano celebra-se o Yom HaShoá, ou Dia da Lembrança do Holocausto.

Em Israel, o Yom HaShoá é um feriado nacional desde 1951. Sua data muda todo ano, sendo celebrada no dia 27 de Nissan (o primeiro dos doze meses do calendário judaico), oito dias antes dos festejos de Yom Haatzmahut , ou dia da Independência de Israel. A data pode ser adiada ou adiantada para não cair no shabat, dia de descanso semanal judaico.

Às 10h do Yom HaShoá, as sirenes aéreas soam por dois minutos em Israel. Os veículos de transporte públicos também param por este período e as pessoas permanecem em silêncio. Na data, estabelecimentos públicos são fechados, a televisão e rádio transmitem canções e documentários sobre o Holocausto e todas as bandeiras ficam hasteadas à meio-mastro.

No resto do mundo, as celebrações do Yom HaShoá incluem cerimônias de vigília em sinagogas e programas educacionais. Sobreviventes do Holocausto costumam dar depoimentos, velas são acesas e orações são recitadas. Algumas comunidades leem os nomes das vítimas do Holocausto.

DÊ PLAY E OUÇA O SOM EMOCIONANTE DAS SIRENES:

 


Imagem: Piotr Drabik, via Wikimedia Commons