Todos os horários
ESPAÇO

Cientistas encontram uma das estrelas mais antigas da Via Láctea

Pesquisadores do Instituto de Astrofísica das Canárias (IAC), na Espanha, descobriram recentemente uma das primeiras estrelas a se formar na Via Láctea. O achado foi feito por meio do Gran Telescopio Canarias (GTC), localizado no Observatório do Roque de los Muchachos,

Vídeo relacionado:

Calcula-se que nossa galáxia tenha se formado há aproximadamente 13 bilhões de anos, graças à fusão de halos minúsculos e diversos gases, que foram se acumulando. Por esse motivo, acredita-se que as estrelas mais antigas se encontram no centro da Via Láctea.

A estrela em questão foi batizada com o nome técnico de J0815 + 4729 e está localizada no halo da Via Láctea, perto da constelação de Lynx, a 7.500 anos-luz do Sol. Segundo os pesquisadores responsáveis pela descoberta, a composição química da J0815 + 4729 teve um papel fundamental na geração da Via Láctea.

Carlos Allende Prieto, astrofísico do IAC, explica que a análise dessa estrela necessita de “um esforço considerável de observação e computação. Requer uma espectroscopia de alta resolução em grandes telescópios para que os elementos químicos da estrela possam ser detectados”, ele afirma. “Isso pode nos ajudar a compreender as primeiras supernovas e seus progenitores”, conclui o cientista.

Fonte: Daily Mail

Imagem: Alex Mit/Shutterstock.com