Todos os horários
PALEONTOLOGIA

Cientistas descobrem "elo perdido" entre pássaros e dinossauros

Analisando fósseis de um animal extinto, cientistas descobriram uma espécie de elo perdido entre pássaros e dinossauros. O Ichthyornis dispar possuía um bico semelhante aos das aves, mas que continha dentes afiados. De acordo com os pesquisadores da Universidade de Yale, a espécie viveu há 100 milhões de anos, na América do Norte.

Vídeo relacionado:

O trabalho só foi possível graças à descoberta de novos espécimes bem preservados do animal. Os pesquisadores juntaram fósseis de cinco espécimes diferentes de Ichthyornis dispar para criar uma reconstrução tridimensional do crânio de um animal. A pesquisa foi publicada pelo jornal científico Nature. 

De acordo com o paleontólogo Bhart-Anjan Bhullar, o lado mais interessante da pesquisa é mostrar como eram os bicos dos primeiros pássaros. "A mandíbula possuía dentes. Originalmente, o bico era um mecanismo de precisão usado para agarrar, servindo como um substituto para as mãos, já que as mãos haviam se transformado em asas", disse ele.

Os pesquisadores disseram que as novas descobertas oferecem uma nova compreensão a respeito de como os crânios dos pássaros modernos se formaram. Além do bico híbrido, o Ichthyornis dispar possuía um cérebro parecido com o das aves modernas, mas com uma região frontal similar às dos dinossauros. Isso indica que durante a evolução dos pássaros o cérebro se transformou primeiro, enquanto o resto do crânio inicialmente permaneceu mais primitivo.


 

Fonte: Universidade de Yale

Imagem: Universidade de Yale/Reprodução