Todos os horários
saúde

Cientistas criam vacina que pode combater a acne

A acne é um problema que incomoda muita gente. Ela atinge principalmente adolescentes, mas uma infinidade de adultos também sofre com a condição. Agora, uma vacina pode ajudar em seu tratamento.

Vídeo relacionado:

Como afeta a aparência física, a incidência de acne pode causar uma série de transtornos para seus portadores. A condição pode provocar desde desconfortos pontuais, passando por ansiedade, diminuição da autoestima e até depressão, em casos extremos.  Atualmente, medicamentos para a acne têm se mostrado ineficientes. Alguns deles podem provocar efeitos colaterais graves.

Uma pesquisa publicada no Journal of Investigative Dermatology demonstrou pela primeira vez que um tipo de célula produzida pelo corpo pode reduzir inflamações em lesões causada pela acne. Segundo os pesquisadores, uma vacina pode agir sobre a bactéria Propionibacterium acne. Abundante na pele, a bactéria é um dos fatores responsáveis pelo problema dermatológico. 

Essa bactéria produz uma toxina conhecida como Christie-Atkins-Munch-Peterson (CAMP), que causa inflamação em tecido animal. No estudo, os cientistas tiveram sucesso no uso de anticorpos para combater a CAMP. "Assim que for validada por testes clínicos de larga escala, nossa descoberta tem potencial para causar grande impacto nas centenas de milhões de pessoas que sofrem com a acne", disse Chun-Ming Huang, do departamento de dermatologia da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos.


 Fonte: Newsweek

Imagem: Shutterstock.com