Todos os horários
CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Cientistas copiam o cérebro de um ser vivo para um computador

Cientistas da Universidade Técnica de Viena, na Áustria, conseguiram clonar o sistema neuronal de um verme, transferi-lo para um computador e implantá-lo em um novo verme robótico. O experimento foi um sucesso: os pesquisadores foram capazes de fazer com que o verme artificial se comportasse como um de verdade, sem a necessidade de programá-lo.

Vídeo relacionado:

O animal utilizado no estudo é um Caenorhabditis elegans, um verme de um milímetro de comprimento, cuja rede neuronal possui apenas 300 neurônios, o que o torna ideal para experimentos desse tipo, que tentam entender e recriar a atividade cerebral dos seres vivos.

Os pesquisadores não só conseguiram fazer com que o pequeno robô se comportasse como um animal de verdade, mas também foram capazes de ensiná-lo novas habilidades por meio de métodos de psicologia comportamental.

Marcos como esse provocam novos dilemas éticos, uma vez que ultrapassam a fronteira entre a vida e a tecnologia. Além disso, permitem especular se no futuro será possível chegar à imortalidade, clonando nossos cérebros, com todas as suas ideias e memórias em novos corpos artificiais.

Fonte: Phys.org e Universidade Técnica de Viena

 Imagem: Zeynep F. Altun/ Kbradnam via Wikimedia Commons