Todos os horários
Ta Na História

Chalaça, o cupido de Dom Pedro I

Por Thiago Gomide do Tá na História, em parceria com o Catraca Livre.

Parceria HISTORY, Ta Na História e Catraca Livre

Pense em um amigo. Agora pensa naquele super amigo dedicado ao extremo da farra.

 

Esse era o comendador Francisco Gomes da Silva, mais conhecido como Chalaça. Amigo do peito de Dom Pedro I.

 

Mas até rolar a amizade, muitas páginas foram acumuladas na biografia do Chalaça.

 

Prende a respiração e veja só:

 

Aos 16 anos, ele brigou com diretor de um seminário e fugiu pra Lisboa. Condenado ao fuzilamento, conseguiu fugir. Façanha.

 

Conheceu Dom Pedro I embarcando para o Brasil.

 

Junto de seu pai adotivo, ele conseguiu fazer coro aos 15 mil portugueses que vieram pra cá.

 

Chegou no Brasil e...brigou com o pai adotivo. Culpa? Noitadas bebendo até não poder mais.

 

Sem muita habilidade para cortar cabelo, Chalaça resolve virar...barbeiro.

 

Não precisa dizer que Chalaça só começou a ver a cor do sucesso quando estreitou a amizade com Dom Pedro I, né?

 

Aperta o play para entender mais sobre a rentável e alcoólica amizade dos dois.

 

O fim de vida de Chalaça foi na Europa. Embaixador plenipotenciário do Império no Reino das Duas Sicílias.  Ele viveu de 1791 a 1852.

 

Se ainda não te convenci a ver o vídeo, vai aí mais duas novidades: saiba quais foram as palavras finais dele e saiba o que ele aprontou com o próprio Dom Pedro I. Muy amigo.

 

Dica: tomara que seu super amigo não faça isso contigo.

 

;)

 

Até semana que vem.

 

Sugestões de assunto, me manda um e-mail para o gomide@tanahistoria.com.br

 


THIAGO GOMIDE é jornalista e pesquisador. Foi apresentador e editor do Canal Futura e da MultiRio, ambos dedicados à educação. Escreveu e dirigiu o documentário "O Acre em uma mesa de negociação". Além de ser o responsável pelo conteúdo do Tá na História, atualmente edita e apresenta o programa A Rede, na Rádio Roquette Pinto ( 94,1 FM - RJ). 

A proposta do Tá na História é oferecer conteúdos que promovam conhecimento sobre personagens e fatos históricos, principalmente do Brasil. Tudo isso, claro, com bom humor e muita curiosidade.