Invenções

Capa da invisibilidade será apresentada na conferência CLEO 2015

Cientistas conseguiram desenvolver a primeira capa portátil de invisibilidade da história, que, ao contrário das anteriores, faz desaparecer objetos grandes à plena luz do dia, sem utilizar nenhum equipamento adicional. A novidade foi produzida por uma equipe alemã do Instituto de Tecnologia de Karlsruhe (KIT, na sigla em alemão), responsável por inventar uma capa capaz de tornar objetos grandes invisíveis à nossa vista, sem a necessidade de qualquer tipo de equipamento adicional. Ela será apresentada na próxima conferência sobre lasers e electro-óptica (CLEO 2015), que acontecerá na Califórnia.

Foram vários os cientistas que, anteriormente, apresentaram dispositivos capazes de fazer desaparecer objetos muito pequenos, cobrindo-os para que não fossem detectados com ondas de luz de alcance muito curto, praticamente imperceptíveis para o olho humano. O caso dos pesquisadores alemães, sob o comando de Robert Schittny, no entanto, é muito diferente: eles conseguiram desenvolver um dispositivo que torna invisíveis objetos maiores e em condições normais de luz.

Os cientistas tiveram que resolver um problema maior: para que um objeto fique invisível, é necessário desviar a luz em torno dele, o que significa que a luz tem que realizar um percurso maior e mais rápido, o que é virtualmente impossível, já que, para a ciência atual, é impossível superar a velocidade da luz.

O que eles conseguiram fazer foi diminuir a velocidade da luz para depois acelerá-la (ou deixar de freá-la) até sua velocidade normal. Isso foi feito ao colocar um objeto cilíndrico metálico, coberto de pintura acrílica, que reflete a luz de forma difusa. O tubo cilíndrico, por sua vez, foi colocado dentro de um bloco de polímero orgânico, à base de silício e de partículas de dióxido de titânio, com a propriedade especial de dispersar as ondas de luz e, consequentemente, diminuir sua velocidade. Em outras palavras, o material inicialmente freia a velocidade da luz, que depois acelera e cobre o objeto, tornando-o invisível.

Fonte: RT