TEMPLÁRIOS

Cabeça mumificada de soldado das Cruzadas é roubada de igreja na Irlanda

Uma igreja anglicana histórica foi arrombada e vandalizada em Dublin, na Irlanda. Os criminosos roubaram de lá a cabeça de uma múmia de 800 anos, conhecida como "O Cruzado". Outros corpos também foram danificados, como o de uma freira sepultada há quatro séculos.

Vídeo relacionado:

De acordo com David Pierpoint, arquidiácono da igreja de St. Michan, os vândalos arrombaram a porta de ferro da cripta funerária e abriram um dos caixões. O religioso classificou o crime como um sacrilégio e lamentou a profanação dos corpos. "Estou enojado", disse.

A igreja de St. Michan foi originalmente construída em 1095. A edificação atual é fruto de uma reconstrução feita em 1686. Suas criptas guardam vários restos mortais mumificados. As paredes da estrutura contêm calcário, que mantém o ar seco, criando condições ideais para a preservação dos corpos.

Acredita-se que o corpo decapitado seja de um soldado templário que voltou das Cruzadas. Medindo 1,80m, ele era considerado muito alto para a época. Suas pernas tiveram que ser quebradas e dobradas para que seus restos mortais coubessem no caixão, abrigado na cripta da igreja de St. Michan. 

O local é uma atração turística conhecida da cidade, recebendo cerca de 27 mil visitantes por ano. Reza a lenda que Bram Stoker teve a ideia de escrever "Drácula" após conhecer a cripta. A igreja já havia sido alvo de vândalos em 1996. Agora, a polícia irlandesa investiga o arrombamento e o roubo da cabeça. 


Fonte: NPR

Imagem: Jennifer Boyer, CC BY 2.0, via Flickr