Todos os horários
Ta Na História

Bruxa do 71: guerrilheira contra ditadura na Espanha

Por Thiago Gomide do Tá na História.

 

Parceria HISTORY, Ta Na História e Catraca Livre

Qual é a relação da Bruxa do 71, da turma do Chaves, com a Guerra Civil Espanhola?

A atriz Angelines Fernandes, que interpretou Dona Clotilde, fez parte da guerrilha contra o ditador Francisco Franco.

Ela, e muitos outros espanhóis, não concordaram com a gestão violenta de Franco.

Vale rapidamente lembrar:

Em 1936, na Espanha, estourou a Guerra Civil. De um lado, republicanos, que se dividiam em muitos grupos. Do outro, os nacionalistas, liderados pelo general Francisco Franco.

Franco tinha o apoio, bélico inclusive, de Benitto Mussolini e Adolf Hitler. Os republicanos contavam com o apoio, bélico inclusive, da União Soviética.

Como pode-se imaginar, a Espanha se tornou nesse período um campo de experimentações armadas.

O ataque a vila basca de Guernica, que falo no vídeo, é um dos exemplos mais emblemáticos desse período.

A turma de Franco ganhou a Guerra Civil, em 1939. Resultado? Perseguições atrás de perseguições aos opositores.

Com apenas 25 anos, Angelines teve que fugir.

Quer saber os detalhes da vida da Bruxa do 71, a amizade com Ramón Valdés, os primeiros passos no seriado famoso e também entender os contextos e fatos da terrível Guerra Civil Espanhola?

Aperta o play. Vale a pena.

Dica de ouro: aproveite e se inscreva no youtube.com/tanahistoria. Têm muitos outros vídeos sobre personagens e fatos marcantes da história.

Pra entrar em contato, o e-mail é [email protected]


 

THIAGO GOMIDE é jornalista e pesquisador. Foi apresentador e editor do Canal Futura e da MultiRio, ambos dedicados à educação. Escreveu e dirigiu o documentário "O Acre em uma mesa de negociação". Além de ser o responsável pelo conteúdo do Tá na História, atualmente edita e apresenta o programa A Rede, na Rádio Roquette Pinto ( 94,1 FM - RJ). 

A proposta do Tá na História é oferecer conteúdos que promovam conhecimento sobre personagens e fatos históricos, principalmente do Brasil. Tudo isso, claro, com bom humor e muita curiosidade.