EGITO

Autoridades do Egito apreendem contrabando de múmias em aeroporto

Autoridades egípcias apreenderam uma "mercadoria" contrabandeada bastante inusitada. Dentro de um par de alto-falantes, eles descobriram partes de múmias que estavam sendo transportadas ilegalmente. O caso aconteceu no aeroporto do Cairo.

Vídeo relacionado:

Escondidos no equipamento, foram encontrados pedaços de um torso e de uma mão, duas pernas, dois pés e um braço. De acordo com o Ministério das Antiguidades do país, os membros pertenciam a duas múmias. O "pacote" tinha a Bélgica como destino.

Uma unidade policial especializada em crimes que envolvem artefatos arqueológicos funciona no aeroporto da capital egípcia. Membros dessa força de segurança foram os responsáveis pelo flagrante. O comércio ilegal de antiguidades é estritamente proibido no Egito, rendendo penas de até dois anos de prisão. 

Restos de múmias recuperados durante a tentativa de contrabando no Aeroporto Internacional do Cairo. 

 

Depois de recuperadas, as partes das duas múmias foram enviadas ao Museu Egípcio para serem restauradas. Desde a crise política que atingiu o Egito em 2011, o número de saques a sítios arqueológicos aumentou. Estima-se que cerca de 50 milhões de dólares em objetos roubados tenham sido enviados ilegalmente do país para os Estados Unidos em 2016. 


Fonte: Live Science

Imagens: Ministério das Antiguidades do Egito