Todos os horários
descobertas

Achado poço milenar do sacrifício de jovens mulheres

Arqueólogos descobriram um poço ritualístico de 1.200 anos, sob um antigo templo, onde jovens mulheres da cultura Lambayeque foram sacrificadas.

A análise que os pesquisadores fizeram sobre os restos de seis mulheres, encontrados no interior do poço peruano, revelou que elas foram vítimas de um sacrifício ritualístico, em que sacerdotes pré-incas bebiam seu sangue e comiam parte do seu corpo - veja fotos da descoberta no final do texto.

[VEJA TAMBÉM: A cidade que poderá surgir do fundo das águas]

O poço foi achado sob um antigo templo de Huaca Santa Rosa, no distrito de Pucará, e os corpos das mulheres estavam dispostos de tal modo que suas cabeças apontavam em direção aos Andes.

A cultura Lambayeque foi uma das primeiras a construir grandes templos na região do Peru. Hoje, ela é reconhecida por seus sanguinários rituais de sacrifício. Segundo o arqueólogo Edgar Bracamonte, da Universidade Nacional de Trujillo, o templo descoberto funcionava como um local secreto, utilizado pelos sacerdotes para sacrificar mulheres em cerimônias privadas.







 

 


Fonte: express.co.uk

Imagens: CEN / Museu de Tumbas Reais de Sipán