Todos os horários
PLANETA TERRA

Este é o vestígio mais antigo de vida no planeta Terra

Um estudo realizado por uma equipe de pesquisadores das universidades UCLA e Wisconsin-Madison confirma que os fósseis microscópicos datando 3,5 bilhões de anos, descobertos em rochas, representam a evidência de vida mais antiga na Terra até o momento. O trabalho, liderado pelo professor de geociências John W. Valley, foi publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

Vídeo relacionado:

As rochas foram encontradas em 1982, em um depósito de sílex de Apex, na Austrália Central, um dos poucos lugares do planeta onde ainda é possível encontrar rochas primitivas desse tipo. Os especialistas conseguiram verificar que os fósseis correspondem a resíduos biológicos graças a um estudo realizado com um espectrômetro de massas de íons secundários – elemento indispensável para poder comprovar a teoria.

Entre os micro-organismos fossilizados, foram detectadas bactérias fototróficas, capazes de aproveitar a radiação solar para produzir energia, arqueas geradoras de metano e gammaproteobacterias, oxidantes do metano. Os pesquisadores afirmaram que esse estudo sugere que a vida poderia ser um fenômeno muito comum no Universo. Anteriormente, os cientistas já tinham conseguido demonstrar que havia oceanos na Terra há 4,3 bilhões de anos. 

Fonte: Muy Interesante 

Imagem: Jeff Miller/University of Wisconsin-Madison