Todos os horários
HISTORY FUTEBOL

A infame partida entre o Chile e a URSS, que foi jogada com somente uma equipe

Aconteceu em 21 de novembro de 1973, quando o mundo do futebol viveu um dos mais absurdos episódios registrados na história. Tratou-se de uma partida fantasma entre a seleção chilena e a da URSS, em Santiago, no Chile, na repescagem para a classificação para a Copa do Mundo da Alemanha de 1974.

 

 

A equipe soviética, alegando questões de segurança e política, negou-se a viajar. A FIFA ordenou que a partida acontecesse de qualquer forma e a seleção chilena foi a campo sem rival. “Foi o show futebolístico mais grosseiro que eu já vivi. O teatro do absurdo”, relembra Carlos Caszely, jogador da seleção chilena.

 

Tudo aconteceu apenas uma semana após o golpe militar de Pinochet. A disputa pela classificação para a Copa compreendia dois jogos, um na União Soviética e outro no Chile. O primeiro foi disputado em um clima de máxima tensão e ambas as equipes terminaram empatadas, sem gols. Porém, as autoridades soviéticas impediram sua seleção de viajar para o Chile.

 

A FIFA não suspendeu o jogo e ordenou que a seleção chilena entrasse em campo. Após o apito do árbitro, quatro jogadores chilenos avançaram, sem que houvesse qualquer oposição, tocando a bola entre eles. Ao chegar à área, o capitão Francisco ‘Chamaco’ Valdés marcou o gol.

 

Depois do gol, voltamos a jogar, disputando uma partida contra o Santos, do Brasil, para que quem tivesse pagado entradas pudesse desfrutar do espetáculo. Perdemos de 0 a 5. Eles deram um show”, pontua Valdés.

 

 

Fonte: Marca

 

 


  

History Futebol - Um evento mundial de 14 dias - De 28 de Maio a 10 de Junho