Todos os horários
descobertas

Caçador de antiguidades descobre na Europa um dos maiores tesouros vikings dos últimos tempos

Não é comum um colecionador aficionado encontrar um objeto antigo e valioso junto com suas humildes ferramentas de pesquisa. Mais estranho ainda é o que aconteceu recentemente na Escócia: munido apenas de um detector de metais, Derek McLennan, um empresário aposentado e, atualmente, um rastreador amador de antiguidades, desenterrou 100 objetos dos séculos IX e X, que formam o maior tesouro viking encontrado na Europa nos últimos séculos - veja mais nos vídeos no final do texto.

Esse variado e excêntrico tesouro, fruto dos saques de vikings, e deixado lá por razão desconhecida, estava apenas a 60 centímetros de profundidade. Entre os achados estão amuletos procedentes da Irlanda, joias escandinavas, joias de ouro anglo-saxãs e uma taça de prata carolíngia, da atual Alemanha. O conjunto de objetos passará a ser propriedade da Coroa Britânica. O local em que o tesouro foi descoberto não foi divulgado. 

Ao bom e velho Derek, é claro, será dada uma retribuição, baseada na taxação do tesouro no mercado. E a recompensa não pode ser pequena se levarmos em consideração que apenas a taça carolíngia teria um valor de 250 mil euros.

Confira os vídeos abaixo

 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Fonte e imagens: Terrae Antiqvae