NOTÍCIAS

Negócio bilionário de chocolate nasceu no banco de trás de Fusca

 



  19 de Maio de 2016

Um dos negócios mais bem-sucedidos do Brasil começou dentro de um simples Fusca.

Alexandre Tadeu da Costa usava o banco de trás do carrinho popular para vender chocolates para padarias e supermercados de São Paulo. Esse foi o início modesto da Cacau Show, rede que já conta com mais de mil unidades em todo o país e tem faturamento bilionário.

Em 1987, quando tinha pouco menos de 18 anos, Alexandre decidiu retomar uma atividade que seus pais haviam exercido anteriormente: a venda de chocolates. Ele pegou a lista de clientes deles e conseguiu uma encomenda de dois mil ovos de Páscoa. 

 

Após enfrentar dificuldades para encontrar um fornecedor capaz de produzir o produto nas especificações que precisava, Alexandre conheceu uma mulher que fazia ovos de Páscoa caseiros. Juntos eles trabalharam a todo vapor por três dias para dar conta da encomenda.

 

 

Como a empreitada deu resultado, Alexandre percebeu que o mercado de chocolates artesanais ainda poderia crescer muito. Inicialmente instalado em uma sala na empresa dos pais, ele criou um catálogo de vendas por encomenda. Em 1996, ele foi para a Bélgica se especializar no ofício.

Em 2001, após anos de sucesso de venda porta a porta, ele abriu a primeira loja da Cacau Show. Em pouco tempo, ele franqueou o negócio e a marca deslanchou de vez. Atualmente a rede conta com cinco fábricas que fabricam mais de 12 mil toneladas de chocolate por ano e fatura R$ 1,2 bilhão. 

Fonte: UOL Economia

Imagem: Divulgação