Todos os horários

Hoje na história

09.Nov.1989

Queda do muro de Berlim

No dia 9 de novembro de 1989, após semanas de distúrbios civis e em meio a uma onda revolucionária no Leste Europeu, o governo da Alemanha Oriental anunciou que todos os seus habitantes poderiam visitar a Alemanha Ocidental e Berlim Ocidental. Com a decisão, milhares de alemães orientais atravessaram o muro que dividia a capital alemã, juntando-se aos alemães ocidentais do outro lado. Nos dias seguintes, partes do muro foram destruídas e, mais tarde, máquinas removeram quase toda estrutura. A queda do muro de Berlim deu o passo inicial para a reunificação alemã, formalmente assinada em 3 de outubro de 1990. O muro de Berlim foi construído em agosto de 1961 pela República Democrática Alemã (Alemanha Oriental), durante a Guerra Fria, e circundava toda a Berlim Ocidental, separando-a da Alemanha Oriental, incluindo Berlim Oriental. O muro, além de impedir a emigração, também servia como divisor político. De um lado, estava a capitalista República Federal da Alemanha (RFA) e, do outro, os soviéticos da República Democrática Alemã (RDA). O muro tinha 66,5 quilômetro de gradeamento metálico, 302 torres de observação, 127 redes metálicas electrificadas com alarme e 255 pistas de corrida para cães. O número exato de pessoas que morreram na tentativa de passar o muro nunca foi confirmado.

 


Imagem: Noir at the German language Wikipedia [GFDL or CC-BY-SA-3.0], via Wikimedia Commons