Hoje na história

17.set.1941

Nasce o político e escritor Fernando Gabeira

No dia 17 de setembro de 1941 nascia, em Juiz de Fora (MG), Fernando Paulo Nagle Gabeira, escritor, jornalista e político conhecido pela sua atuação no Partido Verde, no qual é membro-fundador. Ele também é conhecido por suas posições polêmicas como a profissionalização da prostituição, o casamento homossexual e a descriminalização da maconha. Durante o regime militar no Brasil, participou da luta armada e do sequestro do embaixador norte-americano Charles Elbrick, em 1969. O episódio é narrado em seu livro O que é isso, companheiro?, de 1979. Ele foi preso em 1970, em São Paulo, e, numa tentativa de fuga, foi atingido por uma bala nas costas, o que perfurou seu rim, estômago e fígado.

No mesmo ano, foi libertado pela troca do embaixador alemão Ehrenfried von Holleben, que também havia sido sequestrado. O grupo foi banido do país e embarcado para a Argélia. Gabeira ficou exilado entre 1970 e 1979. Neste período, morou em vários países, como Chile, Suécia e Itália. Voltou ao Brasil, em 1979, com a lei da Anistia. Passou a atuar como jornalista e escritor, defendendo o fim do regime militar. Após 1985, apoiou a causa dos direitos das minorias e do meio ambiente. Durante o exílio, casou-se com sua companheira de militância Vera Sílvia Magalhães.

De volta ao Brasil, foi casado por 16 anos com a estilista Yamê Reis, com quem teve duas filhas — a psicóloga Tami e a surfista Maya Gabeira. Eles se divorciaram em 1999. Atualmente, é casado com a atriz e empresária Neila Tavares.

 


Imagem: via Wikimedia Commons