Hoje na história

11.fev.1907

Nasce Caio Prado Júnior, historiador, geógrafo e político

No dia 11 de fevereiro de 1907 nascia, em São Paulo, Caio da Silva Prado Júnior, um dos grandes historiadores do Brasil. Ele foi um dos maiores intelectuais brasileiros e desenvolveu obras imprescindíveis ao entendimento da formação histórica do Brasil. Estudou na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco (1924-1928) e, ao longo da sua formação universitária assim como na prática advocatícia, vivenciou a efervescência política, social e cultural no Brasil nos anos 20 e 30. Como político, filiou-se ao Partido Democrático, em 1928, participou da Revolução de 1930, filiando-se depois ao Partido Comunista Brasileiro. Em 1933, viajou como estudante para a União Soviética, experiência que lhe rendeu o livro “URSS, um novo mundo”, em 1934. No ano seguinte ao livro, foi vice-presidente da Aliança Nacional Libertadora, mas acabou preso por dois anos por isso. Entre 1937 e 1939, se exilou na Europa. De volta ao Brasil, publicou o clássico “Formação do Brasil Contemporâneo”. Além de pesquisador e político, Caio Prado Júnior também foi empresário do ramo editorial. Ele fundou a Editora Brasiliense, em 1943, com o amigo Monteiro Lobato. Após o fim do governo de Getúlio Vargas, foi eleito deputado estadual pelo PCB (1947), mas teve o mandato cassado por sua ideologia marxista. Na sequência, dedicou-se à editora e, mais tarde, voltou a se exilar, desta vez no Chile, por conta da perseguição que sofreu durante o Regime Militar (1964). Quando retornou ao Brasil, em 1971, foi condenado a um ano de prisão por subversão. No ano seguinte, conseguiu a liberdade. Outras obras importantes de Caio Prado Júnior foram “A evolução política do Brasil” (1933), “História econômica do Brasil” (1945), “Estruturalismo e marxismo” (1971) e “História e desenvolvimento” (1972). Caio Prado Júnior morreu no dia 23 de novembro de 1990, em São Paulo.