Todos os horários

Hoje na história

28.Oct.1955

Nasce Bill Gates, empresário e fundador da Microsoft

No dia 28 de outubro de 1955 nascia, em Seattle, Washington (EUA), William H. Gates III, mais conhecido como Bill Gates, cofundador, presidente e engenheiro-chefe de software da Microsoft. Criado em uma família de situação financeira tranquila, começou a desbravar o mundo da programação informática muito jovem, enquanto frequentava aulas em Lakeside, um dos colégios mais exclusivos de Seattle. Foi ali que conheceu Paul Allen, com quem começou a desenvolver programas de software, nos primeiros anos do High School. Entrou para a Universidade de Harvard, sempre em companhia de seu amigo Allen, formando uma equipe de desenvolvimento de software, cujos primeiros clientes foram empresas e entidades governamentais. A partir de 1975, Gates e Allen começaram a produzir uma nova linguagem de programação, conhecida como Basic, que foi utilizada no primeiro computador pessoal lançado no mercado: o Altair. Após o sucesso obtido com o Basic, a dupla fundou, em 1976, a empresa de software Micro-Soft, posteriormente rebatizada Microsoft Corporation. Bill Gates assumiu o cargo de presidente e diretor geral, abandonando seus estudos universitários para dedicar todo seu tempo ao desenvolvimento da nova empresa. O potencial total da Microsoft veio à público em 1980, quando a IBM encarregou Bill Gates da criação de um sistema operacional para seus computadores pessoais, próximos a serem comercializados. E foi assim que nasceu o MS-DOS (Microsoft Disk Operating System), que, com o tempo, transformou-se no standard para a indústria de computação e informática, transformando a empresa de Bill Gates num verdadeiro fenômeno. A partir de 1990, o MS-Windows, uma nova geração de sistemas operativos, já detinha a maior parte do mercado. Sua fortuna pessoal, em 2012, estava avaliada em US$ 61 bilhões. Em 2000, junto com sua esposa Melinda, Gates criou a Fundação Bill e Melinda Gates, uma organização filantrópica que tem como objetivos promover a pesquisa sobre a AIDS e outras doenças que atingem, em maior parte, os países em desenvolvimento. Além disso, a organização também pesquisa novos tipos de energias sustentáveis e limpas.

 


Imagem: World Economic Forum [CC BY 2.0], via Wikimedia Commons