Todos os horários

Hoje na história

11.Jan.2008

Morre Sir Edmund Hillary, primeiro homem a escalar o Monte Everest

No dia 11 de janeiro de 2008 morria em Auckland, na Nova Zelândia, Sir Edmund Percival Hillary, que ficou famoso por se tornar o primeiro homem a subir o Monte Everest. Ele e o guia sherpa Tenzing Norgay atingiram o cume da montanha de 8.850 metros no dia 29 de maio de 1953. Nascido na cidade neozelandesa de Tuakau no dia 20 de julho de 1919, ele já havia tentado chegar ao cume da montanha em 1951. Após conquistar o Everest, ele escalou outros dez picos do Himalaia entre os anos de 56 e 65. Para completar seu currículo de aventuras, ele chegou ao Polo Sul, como parte da Expedição Britânica Trans-Antártica, em 4 de janeiro de 1958. Edmund Percival Hillary foi nomeado cavaleiro da Ordem do Império Britânico em 16 de julho de 1953, membro da Ordem da Nova Zelândia em 1987 e cavaleiro da Ordem da Jarreteira em 23 de abril de 1995. Além do alpinismo, Hillary também dedicou sua vida na ajuda ao povo sherpa do Nepal por meio da Himalayan Trust, em que batalhou para construção de escolas e hospitais na remota região do Himalaia. Ele também teve a ideia de construir o aeroporto de Lukla, localizado nas montanhas e que serve de base para os grupos de trekking no Himalaia. Quando a primeira subida ao Everest completou 50 anos, o governo nepalês concedeu a cidadania honorária a Edmund Hillary, em uma celebração especial do jubileu de ouro na capital Kathmandu. Edmund Hillary foi o primeiro cidadão estrangeiro a receber a condecoração. 

 


Imagem: Jamling Tenzing Norgay (http://www.tenzing-norgay-trekking.de) [GFDL or CC BY-SA 3.0], via Wikimedia Commons